O meu coração e o fundo do mar o que há em comum?

Ir ao fundo do meu coração pode fazer com que eu venha a alegrar-me, entristecer-me, ou mesmo, ficar paralisado ou exultante, diante das descobertas. Mas acima de tudo é não alienar-me da vida, do meio e de mim mesmo. Escavar o meu coração é uma tarefa difícil e gratificante, pois é estar em sintonia com a vida e comigo mesmo.

No fundo do mar é onde existem algas marinhas preciosas, animais aquaticos exoticos,lamas, lodos, tesouros deixados, etc.

Anúncios

10 pensamentos sobre “O meu coração e o fundo do mar o que há em comum?

  1. “…Se da terra escura e infértil nascem as rosas, o que não chegará a ser o coração do homem em seu longo caminho em direção às estrelas?”
    Não quero, lá na frente, constatar que levo comigo um coração endurecido, um coração que amou pequeno e não se entregou…
    Quero é ter coragem e disposição para, diariamente, olhar pra dentro e tirar as ervas daninhas que querem instalar-se em mim e, desse modo, ter ao menos um coração que tentou ser o melhor que pôde, entre as suas limitações e inquietudes… Um coração que Deus se orgulhe em visitar.
    Orlie

  2. Estava lendo e me deparei com isto:
    “Não é fácil nadar no mar. Mesmo que você seja capaz de atravessar as ondas, o que haverá além delas? Todos os tipos de criaturas; peixes grandes e pequenos. Seus próprios pensamentos e traços indesejáveis de personalidade. Coisas velhas que aparecem na frente de você. Se isso acontecer, não fique afetado ou distraído com elas. Tenha coragem. Vá além de tudo isso ao praticar a consciência de ser uma alma. A medida que você mergulha fundo, maravilhas são encontradas.” (Brahma Kumaris)

    Orlie

  3. Caro Guilherme:
    De um BLOG Maravilhoso, só poderíamos esperar pérolas como esta.A propóposito, que tal desdobrarmos/desbravarmos este(s) Tema, no próximo Congresso Paranaense de Cardiologia.Este Congresso, será aqui em Curitiba entre osd dias 26 e 27.Neste dia 27, desenvolveremos um Simpósio de Saúde do Homem.Fica aqui um Convite; ou seria um desafio?Bravíssimo!!!!abs
    Rubens Bendlin

  4. Pingback: O meu coração e o fundo do mar o que há em comum? | Blog Guilherme Falcão

  5. Pingback: O meu coração e o fundo do mar o que há em comum? | Blog Guilherme Falcão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s