SOLIDARIEDADE QUE RODOU O MUNDO! SEM PALAVRAS!

SEM PALAVRAS 

O que era para ser unicamente uma atitude pessoal ganhou o mundo.

image1 (1)


O que era para ser unicamente uma atitude pessoal ganhou o mundo graças a uma turista do Arizona que registrou com a câmera de seu celular e postou no Facebook a imagem de um ser humano agindo com humanidade.

Estranho mundo esse nosso…

O que deveria ser corriqueiro casou espanto e admiração…

Foram mais de 400.000 compartilhamentos.

Tudo começou quando o Larry DePrimo um policial de Nova York de 25 anos fazia sua ronda normal pela 7º Avenida na altura da Rua 44…

DePrimo, observou sentado numa calçada um morador de rua que tremia de frio…

Sem ter com que se cobrir e descalço o homem tentava se aquecer mantendo-se encolhido e silencioso.

Diante da cena, o jovem policial se aproximou olhou, deu meia volta, entrou uma loja e com o dinheiro que carregava em seu bolso, comprou um par de meias térmicas e uma bota de inverno – gastou 75 dólares.

De volta à presença do morador de rua, DePrimo, lhe entregou as meias e as botas.

O homem, segundo DePrimo, deu um sorriso de orelha a orelha e lhe disse:

“Eu nunca tive um par de sapatos em toda a minha vida”.

No entanto, o gesto não se conclui na entrega do presente…

Percebendo que o morador de rua tinha dificuldade em se mover, o policial se agachou, colocou as meias, as botas, amarrou os cadarços e pergunto: ficou bom?

A resposta foram dois olhos felizes, lagrimejados e um novo sorriso.

Ao se despedir, DePrimo perguntou se o homem queria um copo de café e algo para comer…

“Ele me olhou e cortesmente declinou a oferta. Disse que eu já havia feito muito por ele”.

Aqui deveria ser o fim da cena.

O pano cairia e todos iriam para casa…

Mas não foi.

Jennifer Foster, autora da foto, foi para casa abriu seu computador e postou em sua página a foto e escreveu o seguinte texto, dirigido ao Departamento de Policia de Nova York.

“Hoje, me deparei com a seguinte situação. Caminhava pela cidade e vi um homem sentado na rua com frio, sem cobertor e descalço. Aproximei-me e justamente quando ia falar com ele, surgiu por trás de mim um policial de seu departamento.O policial disse: ‘tenho umas botas tamanho 12 para você e umas meias. As botas servem para todo tipo de clima. Vamos colocar’?”
“Afastei-me e fiquei observando. O policial se abaixou, calçou as meias no homem, as botas e amarrou seus cadarços. Falou alguma coisa a mais que não entendi, levantou e falou, cuide-se”.

“Ele foi discreto, não fez aquilo para chamar a atenção, não esperou reconhecimento, apenas fez”.

“Se foi sem perceber que eu o olhava e que havia fotografado a cena. Pena, me faltou coragem para me aproximar, lhe estender a mão e dizer obrigado por me fazer crer que a policia que sonho é possível”.

“Bem, digam a ele isso por mim”.

Jennifer Foster.

Em poucas horas, o texto e a foto de Jennifer pipocaram por todo o território americano e por boa parte do mundo.

Larry DePrimo, soube por um colega que lhe telefonou para contar…

Quando voltou ao trabalho e se preparava para sair às ruas foi chamado por seus superiores, ouviu um elogio, recebeu abraços de seus companheiros e quando seu chefe lhe disse que o departamento iria lhe ressarcir o dinheiro gasto de seu próprio bolso, Larry recusou e disse: “Não senhor, obrigado. Com meu dinheiro, faço coisas nas quais acredito”.

Fonte: Elmundo.es/Nueva York e Newsday.

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “SOLIDARIEDADE QUE RODOU O MUNDO! SEM PALAVRAS!

  1. Apesar de vivermos a era dos corações endurecidos, ainda encontram-se em alguns lugares do mundo, almas caridosas e doces que veem além da aparência e ousam sair da zona de conforto para servir ao próximo. Amar ao próximo é a lição mais difícil de ser ensinada, por isso Jesus precisou marcá-la com seu próprio sangue e ainda assim, não foi compreendida.
    Orlie

    • Achei demais o evento! Vibro quando encontro com situações como .
      Elas dão esperança de algo que continua o caminho do bem. Mas, o preço é alto e Jesus já pagou, falta encararmos e pagarmos o nosso preço!

      • Acho que neste caso foi mesmo uma coincideancia, pois a reace7e3o poiialcl aconteceu bastante prf3xima da data das minhas credticas… Uma operae7e3o daquele ge9nero, acredito, levaria algum tempo a montar visto que foi necesse1rio coordenar esfore7os de ve1rias entidades. Mas eu espero que a poledcia leia o meu blog! Eu tambe9m escrevo para eles, para os poledcias honestos e que se preocupam de verdade com o rumo do paeds. E acho bem que o SIS, por exemplo, leia o meu blog, pois, para je1, e9 sinal de que fazem bem o seu trabalho e, tal como eles, tambe9m eu me preocupo com as ameae7as interiores e exteriores ao nosso Portugal…

    • Je soulignais juste le riilucde de ta re9ponse. Je n’ai jamais dit que lorsqu’une personne changeait, elle changeait le monde. Je disais simplement que avant d’avoir de grandes ide9es pour notre Monde, il valait peut-eatre mieux se remettre en question soi-meame. Beaucoup trop de personnes, malheureusement, ont la volonte9 de changer notre Monde, mais ne se regarde jamais dans le miroir en se disant : “si il est dans cet e9tat aujourd’hui, j’y ai surement une responsabilite9”. Si tu veux de9battre, commence juste par me citer correctement, c’est simplement ce que je disais dans mon commentaire pre9ce9dent. Je ne vois pas l’inte9reat de re9pondre e0 un de9tournement de propos, voile0 tout.De9sole9, amen ne fait pas partie de mon langage. Si je vivais dans “le meilleur des mondes”, je ne crois pas que je fre9quenterai ce blog, tu ne penses pas ? Je me re9jouis simplement de ce genre d’images ou propagande, appelez-les comme vous voulez, qui peuvent peut-eatre inspirer des gens e0 aider ces personnes qui, par les temps qui courent, vont crever par e9normes vagues avec le froid qui arrivent. Ce qui ne m’empeache pas, contrairement e0 ce que tu peux penser, d’eatre dans la critique et le combat militant contre l’e9tat policier (entre autres) qui se met en place un peu plus chaque jour dans notre socie9te9.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s