O VERDADEIRO AMOR JAMAIS ACABA!

“O amor custa caro e nunca deveríamos tentar torná-lo barato. Nossas más qualidades, nosso egoísmo, nossa covardia, nossa esperteza mundana, nossa ambição, tudo isso quer persuadir-nos a não levar a sério o amor. Mas o amor só nos recompensará se o levarmos a sério.” Carl Jung

“No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor” Rabino I João 4:18

O Dr Paul D. Meyer nos diz que só existem “três escolhas para qualquer pessoa envolvida num casamento infeliz: (1) pedir divórcio – a saída mais fácil e mais imatura de todas; (2) suportar o casamento sem procurar melhorá-lo – outra decisão imatura mas não tão irresponsável quanto o divórcio; e (3) enfrentar com maturidade os tropeços e decidir-se a construir um casamento íntimo com aquele que já tem – a única escolha realmente sábia a ser feita.”

E toda esta reflexão só é possível a prática, com amor ou melhor o verdadeiro amor e, como seres imperfeitos que somos, só o amor de Deus colocados em nossos corações nos faz amar verdadeiramente em nossos relacionamentos!

Anúncios

5 pensamentos sobre “O VERDADEIRO AMOR JAMAIS ACABA!

  1. “Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões de estrelas, isso basta para que seja feliz quando a contempla.” (Antoine de Saint-Exupéry)

    É sabido que, salvo raras exceções, o amor tende a esfriar um pouco com o passar dos anos, então talvez seja por isso que Nietzsche tenha recomendado que nos unamos com quem seja prazeroso… conversar! Uma conversa inteligente pode salvar uma relação, olha só!

    Orlie

    • DoSul disse:O pior de tudo que os apetrechos se3o priiudjceais ao meio ambiente pois queimam carve3o e querosene, indo de encontro ao PDSA, mais um Estado que tem um Senador cujo o partido esta no controle do Ministe9rio e das estatais de energia, logo, logo tais problemas estare3o sanados, ne3o e9 ?

  2. e quando amar o outro significa deixar de amar a si mesmo? Quando insistir em um casamento significa deixar de lado sua auto-estima, seu auto-respeito e até mesmo sua liberdade de crer e de amar os outros. O que fazer?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s