SÓ É POSSÍVEL CONHECER ALGUÉM ATRAVÉS DO AMOR

“As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo”
(Cantares de Salomão) 

“Só se pode conhecer verdadeiramente uma pessoa por meio do amor.”

Viktor E. Frankl

Por possuirmos uma escala de valores e princípios, nossa diferença de outros seres vivos, é o amor e a sua prática. Guilherme Falcão

“Ser profundamente amado por alguém nos dá força;
amar alguém profundamente nos dá coragem.”  Lao-Tsé

Anúncios

5 pensamentos sobre “SÓ É POSSÍVEL CONHECER ALGUÉM ATRAVÉS DO AMOR

  1. “Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos.
    E eu não tenho necessidade de ti.
    E tu não tens necessidade de mim.
    Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo…
    Mas a raposa voltou a sua ideia:
    – Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música.
    A raposa olhou fixamente para o Pequeno Príncipe durante muito tempo e disse: “Por favor cativa-me.”

    “O que eu devo fazer para cativar você?” perguntou o Pequeno Príncipe.
    Você deve ser muito paciente”. Disse a raposa. “Primeiro você vai sentar a uma pequena distância de mim e não vai dizer nada. Palavras são as fontes de desentendimento. Mas você se sentará um pouco mais perto de mim todo dia.”
    Saint Exupéry

  2. “Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos.
    E eu não tenho necessidade de ti.
    E tu não tens necessidade de mim.
    Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo…
    Mas a raposa voltou a sua ideia:
    – Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música.
    A raposa olhou fixamente para o Pequeno Príncipe durante muito tempo e disse: “Por favor cativa-me.”
    “O que eu devo fazer para cativar você?” perguntou o Pequeno Príncipe.
    Você deve ser muito paciente”. Disse a raposa. “Primeiro você vai sentar a uma pequena distância de mim e não vai dizer nada. Palavras são as fontes de desentendimento. Mas você se sentará um pouco mais perto de mim todo dia.”
    Saint Exupery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s